Temperos que nos ajudam a emagrecer

Boa tarde pessoal, hoje vamos falar sobre temperos, mais especificamente sobre os que aumentam o metabolismo de nosso corpo, ajudando a queimar um pouco das gordurinhas.

Vamos começar:

1

– Cúrcuma: nada mais é que o açafrão-da-terra, aquele que usamos para dar cor a nossa comida. Esse interessante condimento, segundo a Universidade de Tufts (EUA), ajuda a evitar a formação de vasos que alimentam o tecido gorduroso, e além de tudo ele é bom para a pele, baixa o colesterol, protege o fígado e atua contra o câncer.

Pode ser consumido 1 colher de café por dia no alimento, adicionado no final do preparo de sua refeição. Não cozinhe o tempero junto à comida, pois assim ele pode perder seu poder antioxidante!

Ele fica delicioso se usado é no frango, no arroz, no peixe e no caldo do camarão. Esse condimento pode ser também misturado também junto ao gengibre, cardamomo e semente de coentro.

Gostaram? Vamos então continuar!

2

– Mostarda: conhecida como um condimento picante. Pode ser consumido 1 colher de sobremesa 2 vezes ao dia, só não exagere na dose, pois o molho contem açúcar. Você pode misturá-la em saladas, carnes e aves. Fica muito bom, dá um toque todo especial e ainda por cima não é necessário colocar muito sal.

3

– Vinagre de maça: Um estudo sueco observou que pessoas que comeram um pedaço de pão molhado em vinagre antes das refeições emagreceram mais rapidamente. A conclusão dos pesquisadores é de que o ácido acético faz com que alimentos demorem mais para passar do estômago para o intestino, deixando você saciada por mais tempo. Possui mais de trinta elementos nutritivos fundamentais, mais de uma dúzia de sais minerais e enzimas essenciais.

Pode ser consumido cerca de 3 colheres de café por dia, minha recomendação é que se use principalmente em saladas, fica ótimo e realça o sabor do alimento.

Pessoal, este produto tem contra-indicações então aí vai algumas dicas:

O ácido acético (presente em todos os tipos de vinagres) é capaz de agredir as mucosas da parede estomacal. Em excesso, pode provocar gastrite ou úlcera. Já nas versões maçã e balsâmico, a acidez é um pouco menor. Mesmo assim, é bom não exagerar.

4

–  Gengibre: Raiz tradicional da culinária japonesa, possui sabor picante e pode ser usado tantos em pratos salgados quanto nos  doces.

O gengibre seco é mais aromático e tem um sabor mais suave, mas para evitar perdas de suas propriedades é melhor ingeri-lo cru (ele fica ótimo se adicionado ao suco de abacaxi), ou ralado como tempero na comida.

Eu particularmente uso o gengibre em alguns pratos, e ele fica ótimo se adicionado numa canja de galinha, realça totalmente o sabor. Só tome cuidado para não exagerar.

5

– Canela: A canela é uma das especiarias mais antigas do mundo, ela ajuda a equilibrar os níveis de insulina no organismo.

Este maravilhoso condimento pode ser polvilhado em cima das frutas (banana ou maça, por exemplo) ou adicioná-lo ao leite quente, que fica uma delicia.

Pessoal, esse condimento p ode causar alergia em pessoas que são hipersensíveis, vai aí um alerta.

6

– Salsinha: A salsinha ajuda na eliminação de substancias inflamatórias que o próprio tecido adiposo produz, sem falar que ela auxilia na perda de peso, você pode consumir a vontade porem para ter efeito deve-se ingerir pelo ou menos meio maço por dia.

Eu adoro usar a salsinha em tudo que faço, saladas, sopas, risoto se for o caso, massas e assados, porem coloquem sempre ela no final do preparo quando apagarem o fogo para que ela não fique cozinhando de mais junto com o alimento porque se não ela fica feia e perde todo o seu sabor.

7

– Pimentas: Esse é um dos assuntos que eu mais gosto de falar, eu simplesmente adoro pimenta de todos os tipos mas a minha preferida são as mais fortes.

Uso em tudo que faço, sem falar que elas estimulam a queima de estoque de gorduras, isso graças a capsaicina (substancia encontrada na parte esbranquiçada, onde ficam as sementes)

Papo técnico: A capsaicina estimula o organismo a se  abastecer usando os depósitos gordurosos. Esse processo aumenta a temperatura corporal e, para diminuí-la, lá se vão mais calorias. “Um trabalho do Instituto Politécnico de Oxford (EUA) mostrou que a pimenta aumenta o metabolismo em 20%, além de retirar gorduras das artérias”, conta a nutricionista Francine Souza Gomes Schmidt, do Paraná. E ela ainda reduz a fome porque estimula o sistema nervoso a liberar noradrenalina e adrenalina, que atuam na diminuição do apetite. O condimento também age sobre a colecistoquinina, hormônio relacionado à saciedade. Mas fica a dica a pimenta não deve ser consumida de maneira indevida ou seja não coma ela de mais, se for consumir em molho o indicado é de 5 a 10 gotinhas nas refeições ok?

A mais indicada é a pimenta vermelha (caiena). Quanto mais ela arder na boca, melhor será o resultado.

Como eu disse acima costumo usar em tudo que faço, menos em sopa acho que não combina muito mas isso é uma questão de gosto.

Pessoal a pimenta tem Contra-indicação hemorroidas e gastrite. Pode irritar as mucosas e as paredes das veias, provocando ardor, por isso muito cuidado na hora de consumir esse fascinante condimento.

Uma dica: se pegarem uma pimenta de surpresa no prato, daquelas que acabam com a gente, tomem leite, ele não tira todo ardor mas ajuda a suavizá-lo em 90%.

Bom eu espero que tenham gostado do nosso primeiro post vem muita coisa interessante por aí. Se tiverem algo interessante sobre temperos que queiram compartilhar mande para nós, vamos ficar muito felizes por compartilhar experiências.

Comente!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s